16/08

Evolução do design: arredondamento dos carros

A evolução do design dos carros mostra uma tendência ao arredondamento dos carros, e o exemplo mais característico dessa mudança, sem dúvidas, é o Volkswagen Gol, a maior paixão nacional. O Gol iniciou a sua história numa versão com linhas mais marcantes e ângulos retos nos arredores.

G1

O predomínio dos carros “quadrados” começou a perder terreno com uma tendência do design europeu, facilitada pelo aparecimento de novas tecnologias nos componentes do carro que passaram a permitir o alinhamento curvilíneo dos veículos. Todavia, os grandes fatores determinantes para a mudança, como em todo grande trabalho de design, foi a funcionalidade oferecida pelo design “curvo” das adjacências dos carros.

A melhor aerodinâmica facilitada pelas curvas ofereceu um melhor desempenho para os carros, e consequentemente uma grande diminuição no consumo de combustíveis.

G2

O custo mais barato das chapas em metal curvo, bem como o a possibilidade de incluir para-brisas inclinados melhoraram a aerodinâmica e permitiram a inovação visual. Aos poucos, o modelo mais econômico europeu, passou a substituir o cânone estabelecido no design automobilístico inclusive nos Estados Unidos, onde os quadradões predominaram entre as décadas de 70 e 90. Aos poucos, traseiras arredondadas, no mundo todo, se tornaram sinônimo de refinamento.

A prevalência da autonomia nos carros é muito destacada ainda hoje, fomentada também pelas preocupações hodiernas com a sustentabilidade e o meio-ambiente. Nos dias atuais existem alguns carros com arestas mais retilíneas, porém ainda assim com quinas arredondadas e detalhes que facilitem a aerodinâmica e favoreçam a economia de combustível.

G3

O desenho arredondado nos carros é dito mais eclético, e é preconizado por grandes designers como o brasileiro Luiz Veiga, responsável por exemplo, pela segunda geração do Gol, por oferecer mais possibilidades e características mais distintivas e marcantes para cada automóvel do que é possível de ser trabalhado em formas mais retas.

Confira este excelente vídeo que percorre a evolução no visual dos carros desde os primórdios, e as suas relações com as necessidades em termos de consumo de gasolina e outros fatores: