07/08

Você conhece a diferença entre o câmbio automático e o automatizado?

Os câmbios automático e automatizados oferecem uma alternativa mais confortável ao câmbio manual. São novas tecnologias que oferecem mais conforto ao motorista, dispensando o pedal de embreagem e a necessidade mudar de marcha manualmente para dirigir.

Contudo, existem diferenças estruturais entre eles existem que acarretam geram variação de preço e de modo de uso.  Vamos conhece-las!

Câmbio Automático

O câmbio automático utiliza o conversor de torque para fazer uma transmissão de marchas automática. Ele usa da relação entre a velocidade do automóvel e das rotações do motor para detectar o momento adequado para realizar a troca.

Este sistema proporciona grande comodidade e segurança para os motoristas, garantindo conforto e estabilidade no trajeto, já que tende a manter os giros de motor em uma medição pouco variável.

O custo é mais alto que o automatizado, mas compensa pela durabilidade e prevê como manutenção apenas a troca de óleo do sistema de transmissão, com periodicidade definida pelo manual do proprietário, sendo geralmente praticada a cada 40 mil km, uma vida útil bem considerável.

cambio automativo vw

O custo de reparo em caso de problemas na mecânica da caixa pode ser mais alto, por ser um sistema mais complexo e com peças mais caras.

Câmbio Automatizado

O câmbio automatizado, também conhecido como câmbio semiautomático, surgiu no mercado como uma alternativa mais barata ao modelo automático. Também oferece mais conforto e segurança ao motorista, eliminando o pedal de embreagem.

A grande diferença para com o câmbio automático é que o carro faz uma troca de marchas para o motorista utilizando-se do sistema convencional de câmbios, como se o computador pisasse na embreagem para o motorista, realizando a troca das marchas sozinho.

Se o câmbio automático conta com um conversor de torque, no automatizado existe de fato uma embreagem, mas que é controlada eletronicamente. Contudo, alguns motoristas apontam que este sistema tenha alguns problemas de arranque e uma troca de marchas razoavelmente menos suave do que a proporcionada pelo sistema automático.

O automatizado utiliza a caixa mecânica convencional, a mesma utilizada no sistema de câmbio manual. Por ser este um sistema com peças mais simples e com menor custo de produção, tem um menor custo para o consumidor e consequentemente um menor custo de possíveis manutenções.

Como o mecanismo eletrônico de utilização da embreagem tende a se preservar mais do que o uso do pedal de embreagem, o sistema exige menos manutenções. Enquanto um câmbio automatizado, em média, gera um acréscimo de 3 mil reais ao valor de aquisição de um carro, o câmbio automático costuma gerar um custo adicional de 5 mil reais.

Um preço bastante em conta para uma tecnologia muito eficiente e segura, que ganha espaço em carros que querem oferecer ao mesmo tempo luxo e um bom preço para os consumidores.

Além das opções automáticas, a Volkswagen ainda oferece o sistema I-Motion, que se destaca por oferecer uma condução mais esportiva, com trocas de marchas manual, apenas sem a embreagem.

Conheça todas as opções de modelos com câmbio automático ou automatizado na Carbel!