28/05

Dicas para reduzir o consumo de combustível do seu carro

Com os recentes aumentos nos preços dos combustíveis, todo cuidado é válido para fazer com que os aumentos não atinjam seu bolso tão em cheio. Por isso, elencamos algumas dicas para reduzir o consumo de combustível do seu carro e fazer com que as paradas nos postos sejam um pouco menos constantes.

dicas consumo combustivel

Mas não se esqueça. Todas as dicas passam por uma direção correta e manutenção constante do veículo. Então é sempre importante manter o carro em boas condições e conduzir de forma responsável!

1 – Calibração dos pneus –Pneus murchos ou com a calibragem errada geram um consumo de gasolina maior que o normal. É importante realizar a calibragem dos pneus a cada 15 dias, seguindo as orientações para a pressão dos pneus. Fique atento, pois ela pode ser diferente para os pneus dianteiros e traseiros.

É ideal que o carro não esteja cheio no momento da calibragem. Os pneus podem ser responsáveis por até 20% do consumo dos veículos.

2 – Peso – Um veículo levando uma carga maior exigirá maior aceleração, elevando assim o seu consumo. O manual do carro indica o peso máximo recomendado. Alguns estudos relatam que 40 quilos de excesso podem aumentar o consumo em até 2%. Fique de olho naqueles objetos esquecidos no porta-malas.

3 – Troca de Marcha – Talvez um dos pontos que exigem maior atenção dos motoristas. Existe uma velocidade correta para a mudança de marchas em diferentes situações, que levam em conta o torque do motor. O manual do veículo tem essa indicação. Trocas constantes de marcha também aumentam o consumo.

4 – Aceleradas – Aceleradas bruscas podem aumentar o consumo de combustível do seu carro. Nos veículos com injeção, não há necessidade de “aquecer” o carro pela manhã. Nos carros novos, é recomendado deixar o veículo ligado na primeira partida por alguns minutos entre os primeiros mil quilômetros.

5 – Gasolina aditivada – A gasolina aditivada representa dois benefícios em termos de consumo de combustível. Por ser um combustível mais puro, ela evita o acúmulo de sujeira no motor evitando o desgaste. Um motor sem desgaste, consome menos. Além disso, a gasolina aditivada tem uma quantidade menor de álcool do que na gasolina padrão, o que garante um consumo menor.

6 – Velas – As velas influenciam muito o consumo. Elas devem ser trocadas com a quilometragem recomendada. A função delas é gerar energia na câmara de combustão para iniciar a queima da mistura de ar e combustível. Com seu mau funcionamento, isso reflete diretamente no aumento do combustível injetado.

7 – Vidros abertos – Em velocidades mais altas (no geral, acima de 80 km/h), andar com os vidros abertos afeta a aerodinâmica do veículo, gerando aumento no consumo de combustível.

8 – Tomar cuidado com acessórios – Acessórios instalados no exterior dos veículos também interferem na aerodinâmica do veículo. Por isso, antes de comprar e instalar aerofólios, suportes ou rodas fora dos padrões, consulte um especialista para saber se pode gerar aumento do consumo de combustível.

9 –Combustível de boa procedência – Combustíveis adulterados não só fazem seu carro consumir mais (devido a maior presença de etanol ou água na mistura) como também podem causar problemas no motor. Abasteça sempre em postos com selo da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis).

10 – Atenção ao trânsito – Alguns comportamentos básicos podem refletir em uma redução relevante de consumo. Por exemplo, se o sinal estiver vermelho, reduza sua velocidade aos poucos. Caso ele abra, a retomada de velocidade será mais suave se o carro não foi totalmente parado.

11 – Filtros – Os filtros de ar e combustível, assim como o óleo do motor, devem ser trocados nas datas previstas. O entupimento dos mesmos interfere na mistura de ar e combustível, aumentando o consumo, já que a mistura se torna fora dos padrões definidos pelas montadoras.

12 – Ar condicionado – O ar condicionado aumenta, em média, 20% do consumo do veículo. Em dias com temperaturas agradáveis, evite o uso do ar.

13 – Abandone a “banguela” – A antiga tradição de deixar o veículo em ponto morto nas decidas não confere para carros atuais. Mantendo o carro engrenado, a injeção eletrônica identifica que não é necessária a aceleração e corta o combustível.

14 – Alinhamento de rodas – O alinhamento das rodas é fundamental para a aerodinâmica do veículo. Se o veículo está fora da geometria correta, alguma roda pode ser arrastada, em vez de girar. E isso compromete o funcionamento do veículo, gerando também maior consumo.

15 – Excesso de velocidade – Além de ser uma medida de segurança, respeitar os limites de velocidade reduzem o consumo. Um veículo a 100 km/h consome 20% a mais do que quando trafega a 80 km/h.

Fonte: http://g1.globo.com/carros/especial-publicitario/shell/mitos-e-verdades-do-combustivel/noticia/2014/10/veja-15-dicas-para-economizar-combustivel-no-carro.html