19/03

Quais os efeitos da porcentagem de etanol na gasolina?

Em 2003, com o lançamento do Gol Total Flex 1.6, o mercado brasileiro deu início à adoção dos veículos biocombustíveis. Desde então, o que era um nicho se tornou 88,4% do total de veículos leves vendidos no país, em dados de fevereiro de 2015.

 etanol gasolina

Com o recente aumento do percentual do etanol na gasolina pra 27%, é importante analisar como isso pode afetar os veículos.

Vantagens

A adição eleva o valor de vaporização total do combustível, já que o etanol exige mais calor para se tornar gasoso (910 kJ/kg) comparado à gasolina (390 kJ/kg). Quanto mais etanol houver na gasolina, mais fria a mistura que entra no coletor de admissão. Menor temperatura é igual a maior densidade, que significa mais mistura na câmara, o que gera mais potência ao motor.

A menor temperatura gera benefícios ao motor, com menor desgaste. O aumento do etanol também promove mais viscosidade ao combustível, o que evita problemas de lubrificação no sistema de combustível.

Desvantagens

O etanol tem menor poder calorífico que a gasolina, o que significa que para liberar a mesma energia de combustão, é necessário injetar mais etanol. Dessa forma, aumenta-se o consumo do veículo, já que a cada pulso de injeção serão necessários mais 8% de combustível para alcançar a mesma potência. Os 27% de etanol na gasolina devem gerar um aumento relevante de consumo.

Também existe a possibilidade da formação de um gel, ocorrida pela afinidade do etanol com a água, que gera separação de fases entre o álcool e gasolina quando o combustível fica em repouso por longos períodos. Esse gel pode obstruir bicos de injeção, filtros, bombas e outros componentes do motor.

A gasolina que se separar tem octanagem mais baixa, o que leva ao risco de pré-detonação. A indicação é, caso o veículo fique parado por muito tempo, o tanque e suas linhas de combustível sejam drenadas, principalmente em carros mais antigos.

Para esses veículos, o ideal é utilizar gasolina aditivada, com menor teor de etanol em sua composição.

Cuidados

É importante se atentar à procedência da gasolina de onde você abastece. Combustíveis adulterados, com uma porcentagem maior de etanol do que o estabelecido em lei, podem danificar seu carro.

Mais informações em: http://www.flatout.com.br/27-de-etanol-na-gasolina-quais-os-efeitos-para-os-nossos-motores/