28/11

Quando trocar os filtros do seu carro?

Cuidar do seu carro é uma tarefa que exige algumas atenções especiais. Além de abastecer, lavar e levar para as revisões, as trocas de alguns componentes são necessárias em determinados intervalos de tempo ou quilometragem rodada.

E se você usa seu veículo com menor frequência – como quem o utiliza apenas no fim de semana, por exemplo – pode ficar mais fácil de esquecer de alguns cuidados, principalmente com partes mecânicas que você não interage diretamente.

Por isso o blog da Carbel trouxe algumas dicas que vão te ajudar a lembrar qual o período ou uso correto para trocar alguns componentes do seu carro. Confira!

Velas de ignição

O objetivo das velas de ignição é emitir centelhas responsáveis pela queima de combustível no motor no momento certo.

quando trocar pecas vela ignicao

Quando estão danificadas ou desgastadas, elas causam falhas na aceleração, perda de potência, dificuldade de partida no motor e aumento do consumo de combustível.

O recomendado é substituir as velas a cada 40.000 km. Também lembre-se de checar as condições dos cabos de vela.

Filtro de óleo

O filtro de óleo do motor é responsável por manter o lubrificante livre de impurezas e eliminar resíduos de combustão e partículas de metal que são geradas pela fricção de suas peças internas. Quando danificado ou desgastado, pode causar perda de potência e compromete o funcionamento do motor.

Ele deve ser trocado junto à troca de óleo. Pode variar a depender de cada veículo, mas na média é recomendado realizar a troca a cada 10 mil km ou a cada seis meses.

quando trocar pecas filtro do oleo

Filtro de ar

O filtro de ar tem a função de evitar que pó e outras impurezas entrem na câmara de combustão do motor. Um filtro gasto ou de má qualidade pode gerar perda de potência e superaquecimento do motor, além de aumento na emissão de poluentes do ar.

O ideal é realizar a troca a cada 10 mil km. Os filtros de ar não podem ser limpos com jatos de ar, já que isso pode retirar os poros filtrantes.

Filtro de combustível

O filtro de combustível retém a passagem de partículas contaminantes que possam estar no tanque de combustível de seu veículo. O filtro, quando prejudicado, afeta diretamente o desempenho do sistema de injeção, comprometendo a potência e levando ao aumento de consumo de combustível.

O uso de combustível de má qualidade pode comprometer a durabilidade do filtro. Em média é recomendado pelas montadoras entre 10 mil e 15 mil quilômetros.

Pastilhas de freio

As pastilhas de freio são responsáveis pela frenagem do veículo por meio do atrito com o disco de freio. As duas peças são desenvolvidas com materiais específicos para suportar amplas variações de temperatura.

Fique atento a ruídos e perdas de desempenho nas frenagens. As pastilhas de freio não homologadas de baixa qualidade podem causar desgaste excessivo do disco, falhas na frenagem, além de gerar ruídos altos.

A recomendação é realizar uma revisão das pastilhas a cada 5 mil km rodados e a troca entre 30 e 40 mil km.

Filtro do ar-condicionado

O filtro do ar-condicionado é responsável por reter partículas de fumaça causadoras de odores na cabine do seu veículo.

quando trocar pecas filtro ar condicionado

Quando gasto ou entupido, ele prejudica o funcionamento do sistema de ventilação e ar-condicionado. Assim, o ambiente torna-se propício para a proliferação de bactérias e fungos que, além de gerarem mau cheiro, podem causar doenças respiratórias.

Não há um prazo de troca por quilometragem, visto que é um item que se desgasta a depender do uso. O recomendado é realizar uma checagem a cada 20 mil km rodados.