02/06

Uso do Google Glass ao volante não renderia multa no Brasil

02-06_Banner

O Google Glass ainda não chegou ao mercado, mas já está causando várias polêmicas no trânsito dos Estados Unidos. No início deste ano, uma moradora da Califórnia estava dirigindo seu carro usando uma das unidades do Google Glass de teste quando foi multada. O motivo é que há uma lei americana que proíbe o uso de telas que diminuam a atenção de motoristas ao volante. Logo depois do ocorrido, a justiça da Califórnia alegou que não era possível saber se o aparelho estava ligado e efetivamente distraindo a condutora, assim, encerrou o caso.

No Brasil, ainda não há uma legislação específica para aparelhos como o Google Glass. Para proibir o uso do dispositivo, o Conselho Nacional de Trânsito deve publicar uma resolução sobre o assunto. Mas, enquanto isso não acontece, a utilização no volante será permitida.

O Contran poderia admitir que o Glass distrai a atenção dos motoristas, assim como os celulares. Porém, seria necessária uma extensa análise sobre as condições de utilização desses elementos no transito e sua segurança. Se até quando o Google Glass chegar ao mercado uma resolução não for publicada, no entanto, o uso do aparelho pelo motorista será livre.