11/03

A volta de um clássico? Santana pode retornar em 2017

Um dos grandes clássicos da história automotiva do Brasil pode voltar às ruas no ano que vem. Segundo rumores, a Volkswagen tirou da gaveta um projeto de uma nova versão do Santana para ser lançada no país. A marca realizou uma pesquisa entre potenciais compradores sobre o visual e a faixa de preço que estariam dispostos a pagar.

Santana volta ao Brasil em 2017

O Santana foi produzido no Brasil entre 1984 e 2006. O novo modelo também será um sedã de porte médio, mas que deve ser cobrado um preço de sedã compactos, que podem variar de R$ 40 mil a quase R$ 70 mil no país. O preço sugerido pela Volkswagen no encontro com os compradores foi de R$ 58.000.

A Volkswagen realizou sua pesquisa com consumidores em um centro de convenções de São Paulo com clientes de diferentes regiões do Brasil. A marca apresentou uma versão do novo Santana e exibiu alguns sedãs de outras marcas para comparação, como o Chevrolet Cobalt e Prisma, Fiat Grand Siena, Ford Fiesta Sedan, Honda City e Hyundai HB20S.

Novo Santana

No evento, a VW perguntou aos convidados sobre o acabamento, conteúdo, espaço interno e motor. O modelo mostrado estava fechado, com vidros escurecidos.

Mesmo com sua produção interrompida no Brasil há dez anos, a história do Santana não parou: uma nova versão do sedã é comercializada na China desde 2013. Contudo, o modelo apresentado tem algumas diferenças da versão chinesa. A versão tinha mudanças na grade dianteira, faróis, nas linhas da lateral e um porta-malas mais alto.

Santana chines

Na China, o Santana é oferecido com motores 1.4 e 1.6. É possível que o modelo chegue ao Brasil com opção do 1.0 TSI Total Flex, que revolucionou o mercado nacional em 2015. O modelo chinês oferece ESP, sensor de ré, central multimídia com App-Connect, ar-condicionado automatizado Climatronic, assistente de partida em rampas, aquecimento de bancos, entre outros. Para ser adaptado ao mercado brasileiro, é possível que alguns desses itens não cheguem aqui, como o aquecimento dos bancos.

O retorno

O retorno do Santana ao Brasil já foi adiado algumas vezes. Em 2012, o tradicional sedã da Volkswagen estava previsto para retornar com o visual de uma geração anterior do Jetta, mas no ano seguinte o projeto foi abortado.

Em 2014, o modelo atual do Santana, que utiliza a plataforma PQ35 do Jetta quase voltou ao país, mas mais uma vez sem sucesso. A expectativa é que 2017 seja a data final para o retorno deste mito!